Cleber Santana: Sonho realizado

Obsessão do Tricolor, Cléber Santana realiza sonho no clube

Luiz Ricardo Fini – São Paulo (SP)

“A camisa 8 do São Paulo estava esperando este sonho, que realizamos agora”. A frase do vice-presidente de futebol do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, expressa a importância que o clube dá para a contratação do meio-campista Cléber Santana, que foi apresentado no fim da tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda.

Além de ser uma obsessão do Tricolor nos últimos anos, o atleta também revelou que já sonha com uma chance no Morumbi desde 2006, quando iniciou sua trajetória pelo rival Santos.

“Quando eu estava no Japão (Kashiwa Reysol), antes de acertar com o Santos, tive a oferta do São Paulo e escolhi vir para cá, mas meu representante acertou de me levar para lá, onde fui feliz e tive temporadas maravilhosas. Quando acabou meu primeiro ano no Santos, tive proposta do São Paulo e queria vir para cá, mas já tinha pré-contrato com o Atlético de Madri. Agora, não pensei duas vezes em jogar aqui”, afirmou.

Aos 28 anos, Cléber Santana assinou contrato por três temporadas com o Tricolor, que adquiriu 50% de seus direitos federativos junto ao time de Madri. Curiosamente, a passagem pela Europa fez o jogador se informar ainda mais da projeção internacional do São Paulo.

“Com todo respeito aos outros do Brasil, o São Paulo tem uma grandeza enorme. Quando você fala da liga brasileira no Japão e na Espanha, qualquer jogador se lembra do São Paulo. Sempre tive um desejo muito grande de jogar aqui e estou realizando agora”, acrescentou.

Nem mesmo a forte concorrência do elenco de Ricardo Gomes faz Cléber Santana se preocupar com o início de trajetória no Morumbi.

“O São Paulo tem grandes jogadores, mas, acima de tudo, o que importa é o respeito. Cada um está procurando seu espaço no dia-a-dia para deixar o Ricardo resolver. Há vários jogadores de qualidade no meio-campo”, concluiu.

Cléber Santana sabe atuar como segundo volante e também como meia de ligação, mas deixará a decisão ao treinador.

Fonte: http://www.gazetaesportiva.net/nota/2010/02/01/620525.html
Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s