História do New Orleans

O New Orleans Saints é um time profissional de futebol americano dos Estados Unidos baseado em Nova Orleães, Luisiana. O Saints jogam na divisão sul da National Football Conference (NFC) da National Football League (NFL).

O Saints foram fundados em 1967 como um time de extensão jogando seus jogos no Tulane Stadium até a temporada de 1974. O time demorou mais de uma decada para vencer pelo menos metade dos jogos da temporada, outras duas decadas para conseguir mais vitórias que derrotas e quatro decadas antes de chegar a um Super Bowl. Os primeiros anos de sucesso do time foi durante os anos de 1987 a 1992, quando o time chegou aos playoffs quatro vezes e teve mais vitórias que derrotas no ano em que não chegaram a pós-temporada neste periodo. Na temporada de 2000, o Saints conseguiu derrotas o campeão do Super Bowl do ano anterior, o St. Louis Rams para conseguir sua primeira vitória em playoff.

Desde 1975, o estádio do Saints é o Louisiana Superdome.[1] Contudo, devido aos danos causados pelo Furacão Katrina no Superdome e em toda a região de Nova Orleães, o Saints jogou o jogo de abertura em “casa” da temporada de 2005 contra o New York Giants no Giants Stadium. O restante dos jogos em casa da temporada de 2005 foram ou no Alamodome em San Antonio, Texas ou no estádio da LSU, o Tiger Stadium em Baton Rouge, Luisiana. Depois de uma renovação que custou US$185 milhões de dolares, o time retornou ao Superdome para a temporada de 2006. O time fez o jogo de abertura da temporada de 2006 em casa com todos os ingressos vendidos e em cadeia nacional de televisão em 25 de setembro de 2006, derrotando o Atlanta Falcons por 23 a 3. Esta vitória rendeu ao time o prêmio ESPY de 2007 por “Best Moment in Sports” (Melhor momento nos esportes). O time chegou as finais de conferência da NFC em 2006 mas perderam para o Chicago Bears por 39 a 14.

Durante a temporada de 2009 o time teve a melhor temporada de sua história. Em 30 de novembro de 2009, na vitória no Monday Night Football sobre o New England Patriots, o time tinha uma campanha de 11 vitórias e nenhuma derrota até aquele momento, o melhor começo de temporada na história da franquia. A partida foi a segunda maior audiência da TV a cabo americana até o momento.[2] Então com uma vitória sobre o Atlanta Falcons, o time chegou ao record de 13–0, sendo este o melhor retrospecto em sua história. Como resultado o time garantiu antecipadamente uma vaga nos playoffs da NFC e uma semana de folga. Vencendo seus primeiros 13 naquela temporada, o Saints também quebraram o recorde da NFC de maior vitórias no começo da temporada (13-0) desde a fusão AFL–NFL, quebrando o recorde anterior (12-0) do Chicago Bears de 1985. O time chegou então a final da NFC naquela temporada sob a liderança do quarterback Drew Brees e ao derrotar o Minnesota Vikings por 31 a 28 na prorrogação, o time garantiu sua primeira aparição em um Super Bowl na história da franquia.

No dia 7 de Fevereiro de 2010, os Saints conseguiram o primeiro Super Bowl de sua história, ao bater o Indianapolis Colts por 31 a 17. O quarterback de New Orleans, Drew Brees, foi escolhido como o MVP desse Super Bowl.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s