CAMPEÃOOOO!!!!

Veja os bastidores da conquista:

Num jogo empatado por 1×1 fomos campeões… o herói do título? RICHARD!

Campeão…!!!! 3×0!!!! Campeão!!!!!

VAI LÁ… VAI LÁ…. VAI LÁ…

VAI LÁ DE CORAÇÃO!

VAMO SÃO PAULO… VAMO SÃO PAULO…

VAMO SER CAMPEÃO!!!!!

O São Paulo venceu nesta segunda-feira o Santos por 3 a 0 na disputa de pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, e sagrou-se tricampeão da Copa São Paulo de Futebol Juniores. O destaque da final foi o goleiro Richard, do clube do Morumbi, que defendeu as três cobranças de pênalti do Santos.
fonte: http://espnbrasil.terra.com.br/copasaopaulo/noticia/99074_GOLEIRO+SE+CONSAGRA+E+DA+TRI+DA+COPINHA+AO+SAO+PAULO#comentarioAba

As cobranças de pênaltis começaram com o São Paulo, nos pés de Jéferson. Na sequência, o meia Alan Patrick, destaque do Santos na Copinha, desperdiçou a primeira cobrança santista. Dener ampliou a vantagem do Tricolor, que seguiu em dois gols com a defesa de Richard. Marcelinho marcou o terceiro do São Paulo. O goleiro são paulino defendeu ainda o terceiro pênalti, cobrado por Renan Mota.

O Santos saiu na frente do placar. Aos 18 minutos, Alan Patrick deu passe preciso para Renan Mota na entrada da área. Na finta de corpo, o atacante deixou um zagueiro para trás e, na saída do goleiro são paulino, e tocou entre as pernas de Richard para marcar seu quinto gol na competição.

A partida seguiu em ritmo acelerado. Ambos os times buscavam o gol. O panorama mudou apenas na segunda etapa, quando a equipe praiana foi aos poucos recuando e cedendo espaço ao São Paulo. O empate veio apenas aos 40 minutos. Em rebote, Ronieri pegou de primeira a bola que estava no ar e mandou no ângulo esquerdo do goleiro santista.

A 41ª edição da Copa São Paulo de futebol júnior teve recorde de participantes (92 clubes) e até uma equipe estrangeira, o Al-Hilal, da Arábia Saudita.”

Anúncios

É Hoje!

Fonte: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Sao_Paulo/0,,MUL1461109-9875,00-SAO+PAULO+E+SANTOS+VAO+AO+ATAQUE+EM+BUSCA+DO+TITULO+DA+COPINHA+DE+JUNIORES.html

São Paulo e Santos vão ao ataque em busca do título da Copinha de Juniores

Decisão acontecerá nesta segunda, às 10h, no Pacaembu

Marcelo Prado São Paulo

arte/Montagem arte/Montagem

São Paulo e Santos prometem fazer uma decisão de arrepiar nesta segunda

A expectativa não poderia ser melhor. Quem for ao estádio do Pacaembu na manhã desta segunda-feira verá uma decisão de arrepiar. A 41ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior coloca na sua final dois times que privilegiam o ataque, jogam para frente e procuram dar espetáculo. De um lado, o São Paulo, que está invicto na competição, com seis vitórias em seis jogos e que ainda possui o melhor ataque (28 gols marcados em sete jogos) e a melhor defesa (apenas um gol sofrido). Do outro, o Santos, que marcou 20 gols nos sete jogos que disputou.

A partida terá início às 10h e será transmitida ao vivo pela TV Globo. O GLOBOESPORTE.COM também acompanhará o duelo, com vídeos exclusivos, a partir das 9h30m. Vale lembrar que o Tricolor busca o seu terceiro título na competição, já que ganhou em 1993 e 2000. Já o Peixe volta a disputar uma decisão após 26 anos, quando o time conquistou seu único caneco do torneio. 

Duelo à parte 

Divulgação/Site Oficial do São Paulo Divulgação/Site Oficial do São Paulo

Lucas Gaúcho já marcou nove gols na Copinha

A finalíssima. desta segunda coloca frente a frente dois dos maiores destaques da competição: o atacante tricolor Lucas Gaúcho, artilheiro da competição, com nove gols marcados, e o meia Allan Patrick que, após voltar de um torneio com a seleção brasileira sub-20, tem sido o grande destaque do time de Vila Belmiro.
Lucas Gaúcho não esconde a ansiedade com a decisão.

– Não tem como tirar a cabeça desse jogo. Lutamos muito para chegar na decisão. Eu deixei claro que, se tivesse de escolher entre a artilharia e o título, fico com a segunda opção. Além de ser uma conquista muito importante para nós, isso poderá abrir espaços para quem sonha com uma chance no time principal – afirmou o jogador. 

Reprodução/SporTV Reprodução/SporTV

Alan Patrick é o destaque do meio-campo do Peixe

Alan Patrick seguiu pela mesma linha de raciocínio. E o garoto assegurou que o deslize cometido pela equipe na semifinal serviu de lição. O Santos vencia o Palmeiras por 3 a 1 até os 37min do segundo tempo, quando permitiu a reação do rival, que achou o empate por 3 a 3. A classificação para a decisão veio apenas na decisão por pênaltis.

– Perdemos um jogador expulso e recuamos demais, demos campo para o Palmeiras. Se fizermos isso contra o São Paulo, certamente vamos perder. Mas o time está bem focado e sabe o que precisará fazer. Espero que todos estejam inspirados porque qualquer deslize será fatal – afirmou o jogador.

Treinadores otimistas

Do lado são-paulino, o técnico Sérgio Baresi prevê um jogo aberto e diz que seu time terá de jogar melhor do que vem mostrando se quiser sair com o título.

– O Santos é um time muito equilibrado em todos os setores. Tem saída rápida da defesa para o ataque e muitas variáveis. Eles mudam o esquema tático com o passar da partida e é preciso ter muita atenção com isso. O Alan Patrick é um grande destaque, mas não podemos achar que o time é apenas ele – disse o treinador.

Já no Peixe, o ex-jogador Narciso, que disputa sua quinta decisão desde que assumiu o comando da equipe de juniores, diz que, apesar da força do adversário, não vai mudar o jeito do time jogar.

– Gosto do futebol ofensivo, para frente, que todos gostam de assistir. E, se chegamos jogando assim até agora, não posso mudar na decisão – justificou o treinador, que apontou o Tricolor como favorito para a decisão.

Times definidos

No Tricolor, o técnico Sérgio Baresi poderá mandar o que tem de melhor a campo. Ele terá o retorno do zagueiro Bruno Uvini, que cumpriu suspensão automática na vitória sobre o Juventude, no último sábado. No Santos, o meia Nikão, que ficou no banco no último sábado, contra o Palmeiras, por causa de um problema estomacal, volta ao time titular. O desfalque será o volante Alan Fernando, que foi expulso na última partida e terá de cumprir suspensão.

SÃO PAULO SANTOS
Richard; Filipe Aguaí, Luiz Paulo, Bruno Uvini e Felipe; Zé Vitor, Casemiro, Dener e Marcelinho; Roniele e Lucas Gaúcho. Rafael, Wirinton, Renato, Alemão, Wesley e Elivelton;  Kássio, Alan Patrick, Renan Mota e Nikão;  William e Dimba.
Técnico: Sérgio Baresi. Técnico: Narciso.
Estádio: Pacaembu. Data: 25/01/2010. Árbitro: Thiago Duarte Peixoto. Auxiliares: Fábio Rogério Baesteiro e Maria Nubia Ferreira Leite.
Transmissão: A TV Globo exibe a partida ao vivo para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 9h30m (de Brasília).

Copa São Paulo – São Paulo na final

Em todas as notícias do tricolor, darei minha opinião de torcedor também

Apesar de o jogo parecer um pouco morno demais, o nosso Tricolor bateu o Juventude por 2 x 0 e seguiu para a final da competição…

fonte:http://espnbrasil.terra.com.br/copasaopaulo/noticia/98651_VIDEO+ARRASADOR+SAO+PAULO+FAZ+MAIS+UMA+VITIMA+E+ESTA+NA+FINAL+DA+COPINHA

O São Paulo confirmou o favoritismo e chegou a mais uma final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Nesta sexta-feira, em Jaguariúna (SP), o time do Morumbi não teve dificuldades para derrotar o Juventude por 2 a 0, pelas semifinais do torneio, e assegurar presença na decisão da próxima segunda-feira no Pacaembu.

Com os dois gols marcados nesta tarde, o São Paulo chega aos 28 tentos marcados na Copinha desta temporada, ante apenas dois sofridos em sete partidas disputadas. Na final, o time tricolor aguarda um grande rival na disputa pelo título: Santos ou Palmeiras, que se enfrentam na outra semifinal neste sábado, às 16h, em São Carlos (SP), com transmissão ao vivo da ESPN Brasil.  

A superioridade do São Paulo ficou clara desde o início da partida, em que a equipe paulista criou várias oportunidades de gol e pressionou o adversário. Aos 28 minutos, Ronielli foi derrubado na área e, na cobrança do pênalti, Zé Vítor abriu o placar: 1 a 0.

No segundo tempo, o panorama não se alterou muito e o São Paulo continuou não dando espaço ao time gaúcho. O gol da vitória, que sacramentou a classificação são-paulina à decisão do torneio, saiu logo aos três minutos da etapa complementar, com Marcelinho, após uma rápida troca de passes na entrada da área.

Com a vaga na final, o São Paulo chega à sua nona decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Das oito anteriores, a equipe do Morumbi ganhou duas (1993 e 2000) e perdeu seis. A disputa pelo título da Copinha está programada para segunda-feira, dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, no Estádio do Pacaembu, às 10h, com ESPN Brasil ao vivo

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 JUVENTUDE

Local: Estádio Alfredo Schiavetto, em Jaguariúna (SP)
Data: sexta-feira, 22 de janeiro de 2010
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Cássio Luiz Zancopé
Auxiliares: Renato de Oliveira Cardoso e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Cartões amarelos: SÃO PAULO: Casimiro, Zé Vitor JUVENTUDE: Deoclecio
Gols: SÃO PAULO: Zé Vítor aos 28 minutos do primeiro tempo, Marcelinho aos três minutos do segundo tempo.

SÃO PAULO: Richard; Felipe Aguiar (William), Luiz Paulo, Fabiano e Felipe; Casemiro, Zé Vítor, Dener e Marcelinho; Lucas Gaúcho (Bruno Anjos) e Ronieli (Paulo Henrique).
Técnico: Sérgio Baresi

JUVENTUDE: Follmann, Gustavo, Marquinhos, Matheus Bressan e Alex; Deoclecio (Douglas Morais), Jaisson, Goiano e Marcos Vinícius (Ramiro); Hiago e Ramon (Fabrício)
Técnico: Carlos Eduardo de Moraes