Cade o Muleke?

Tricolor revela ‘sumiço’ de Oscar após conversa por inscrição

Luiz Ricardo Fini – São Paulo (SP)

O embate entre o São Paulo e o meia Oscar ganhou mais um capítulo e, desta vez, o técnico Ricardo Gomes perdeu a paciência. O treinador conversou com o garoto e anunciou o desejo de inscrevê-lo na Copa Libertadores, mas, depois do encontro, o atleta não se reapresentou mais no CT da Barra Funda.

“Acredito no potencial dele, mas preciso do comprometimento do jogador. Fui para casa achando que ele aceitaria a oportunidade ímpar na vida. Há jogadores consagrados voltando aqui. Abrimos todas as portas e o que não entendi ainda é que o jogador estava muito feliz. Acho que é a idade… Fiz minha última tentativa e não deu certo”, afirmou.

Além da inscrição no torneio continental, Oscar seria relacionado já para a partida contra o Monterrey, nesta quarta-feira. Por isso, o atleta teria de se apresentar para a concentração na noite de segunda, mas não compareceu. O vice-presidente de futebol do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, também lamentou o episódio.

“Ele foi comunicado do interesse do São Paulo de inscrevê-lo na Libertadores. Ele teria de ser concentrado ontem (segunda), mas não apareceu. Ele ficou feliz quando teve a conversa, mas disse que falaria com os caras. Este foi o termo que usou. Não veio e nem deu justificativa, nós lamentamos”, afirmou.

O comandante já deixou claro que não pretende mais colocar o garoto entre os inscritos na Libertadores. Com a saída de Oscar, a vaga ficará com o atacante Henrique, também formado nas categorias de base. “Eu gostaria de poder utilizá-lo, mas não posso forçá-lo. O Henrique fica com a vaga”.

Empresariado por Giuliano Bertolluci, o atleta trava uma disputa judicial com o Tricolor desde o ano passado, quando conseguiu uma liminar para se desvincular do clube. No entanto, o São Paulo conseguiu cassar o documento, fazendo com que o jogador voltasse aos treinos. A audiência do caso está agendada para abril.

fonte:http://www.gazetaesportiva.net/nota/2010/02/09/621734.html
Anúncios

Oscar de volta?

fonte: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Sao_Paulo/0,,MUL1462598-9875,00-OSCAR+SE+REAPRESENTA+E+CAUSA+SURPRESA+ENTRE+OS+JOGADORES+DO+TRICOLOR.html

Oscar se reapresenta e causa surpresa entre os jogadores do Tricolor

Jean e Richarlyson não esperavam reencontrar o meia nesta segunda. Ambos acham que o jovem está mal assessorado e merece nova chance

Paula Pereira Ab/GLOBOESPORTE.COM Paula Pereira Ab/GLOBOESPORTE.COM

Oscar se reapresenta e causa surpresa entre os companheiros. Meia faz sua primeira atividade na temporada 2010 pelo Tricolor

O São Paulo se reapresentou no CT da Barra Funda nesta segunda-feira, após vencer o Rio Claro por 3 a 0 na terceira rodada do Paulistão, no último sábado. A rotina foi a mesma para os jogadores: titulares no Reffis para trabalho físico. Porém, uma presença que não se via desde dezembro do ano passado chamou atenção e também surpreendeu alguns jogadores. O meia Oscar voltou ao clube com 12 dias de atraso e fez sua primeira atividade na temporada 2010. Jean revelou que não esperava reencontrar o amigo.

– Eu fui pego de surpresa. Nem sabia que ele viria hoje. Oscar é um ótimo jogador, tem um grande futuro. Não sei exatamente o que aconteceu, só sei por alto. Então, prefiro não falar e espero que ele continue no São Paulo. Não cabe a mim falar sobre isso. Esses assuntos são complicados para eu comentar. Ele sempre foi uma pessoa boa, um menino bom. Mas a diretoria decide.

Richarlyson também ficou surpreso com o retorno do garoto ao CT da Barra Funda. Ele elogiou o jogador 19 anos e disse que Oscar está sendo influenciado a tomar essas decisões de colocar o clube na justiça para anular o contrato.

– É complicado falar de um jogador com a qualidade do Oscar. Não achei que fosse vê-lo. Talvez, por trás dele, alguém esteja tomando uma postura errada. Toda pessoa é passiva de erros, até porque, pela minha pouca experiência, acho que o Oscar não tomou essa decisão de processar o clube. Pessoas oferecem muitas coisas que podem deslumbrar a cabeça de qualquer ser humano.