Depois de Elogio, Washington está confiante

fonte: http://www.gazetaesportiva.net/nota/2010/04/24/632895.html

São Paulo (SP)

A maré de Washington começou a mudar. Depois de reclamar abertamente de sua situação no elenco assim que o Tricolor foi eliminado do Campeonato Paulista pelo Santos e, na sequência, levar uma multa da diretoria pela indisciplina, o camisa 9 parece ter reconquistado o respeito do técnico Ricardo Gomes.

Bastante elogiado pelo treinador após o treino de sexta-feira, Washington garantiu estar pronto para deixar o momento turbulento para trás e voltar a fazer o que mais sabe, para alegria da torcida são-paulina, que ficou ao seu lado durante a rápida confusão.

“Pode esperar, sim, aquele Washington do começo do ano. Aquele artilheiro. Vou procurar fazer o melhor para o São Paulo e lutar pela Libertadores. Estou motivado novamente e a confiança está voltando. Estou feliz novamente e ajudarei muito o São Paulo”, garantiu o experiente goleador, em entrevista ao site oficial do São Paulo.

Autor de 43 gols em 77 partidas disputadas com a camisa tricolor, Washington assegurou que nunca perdeu a vontade de ajudar o time, mesmo quando foi cortado até dos jogadores que ficaram no banco de reservas.

“Vontade de jogar sempre vou ter. Aconteceram estes problemas, mas espero voltar o mais rápido possível para o time e dar continuidade àquele bom momento do começo do ano. Tenho de trabalhar e fazer o meu melhor”, concluiu.

Ultimato Washington

fonte: http://espnbrasil.terra.com.br/saopaulo/noticia/116921_EM+REUNIAO+RICARDO+GOMES+DEU+ULTIMATO+A+WASHINGTON

Nada de desabafar mais ao microfone. A mensagem é clara. Washington não terá mais nenhuma outra chance em caso de nova indisciplina. De acordo com o Jornal da Tarde, ele e Ricardo Gomes se reuniram na quarta-feira, pouco antes da partida contra o Once Caldas, pela Libertadores, e conversaram a portas fechadas no CT da Barra Funda para se acertarem.

Com carta branca da diretoria, Ricardo Gomes teria condenado mais uma vez a atitude do atacante e comunicado que, se voltar a repeti-la, estaria fora. “Tivemos uma excelente conversa. Ele estava abatido e ficou bem. Não por acaso, entrou com vontade depois”, revelou o treinador.

As críticas que Washington fez à escalação da equipe após a eliminação no Campeonato Paulista, no domingo, contra o Santos, não foram aceitas pelo elenco. O goleiro Rogério Ceni foi um dos que recriminou a postura do jogador. “Se eu falasse o que ele falou, eu estaria errado. Na vida, não podemos contestar publicamente chefe. Se me tiram do time amanhã, tenho duas alternativas: vou embora ou vou para o campo treinar. Isso serve para todo mundo aqui no São Paulo”, disse.

Comentários de um torcedor…

Sobre o empréstimo do tricolor:

Como havia dito aqui, além de empréstimos o São Paulo tem que vender para acertar as contas… torcedores não querem ver que o clube está devendo, querem titulos, eu sei pois penso também assim, as se o time não acerta as contas começa a cair de uma tal maneira que ninguém consegue reverter…

O São Paulo, na época da construção do Morumbi, passou por um periodo extenso sem títulos, mas enfim, temos nosso estádio, nossos títulos… tudo perfeito.

Washington, coração de Leão:

Nunca achei que o W9 fosse um cara driblador, que fizesse fintas mirabolantes para marcar seus gols… Washington é um lutador, finalizador, mas para isso precisa de alguém para passar a bola à ele… o que fará Marcelinho Paraíba e Hernanes caso ele não saia.

Apoio totalmente o W9 e sei que ele dará alegrias para a torcida tricolor.

Sobre o empréstimo do tricolor:

Imagina o marasmo que será o jogo de hoje? 17 hs… um calor em Barueri… Sessão da tarde? Podemos dizer que sim.

Bom… vamos ligar em alguma rádio que transmita, porque não tenho Pay-Per-View… esperamos que seja um jogo “marasmento”, mas que o São Paulo saia com a vitória.

Washington sem promessas polêmica

Washington evita prometer gols, mas esperar superar 2009

por ESPN.com.br com Agência GE

Apesar de saber que deve ser um dos goleadores da equipe em 2010, o atacante Washington evita traçar uma meta de gols para a temporada.

“Não coloco metas em termos de gols. Se eu colocar uma e não atingir, posso ficar frustrado. E se atingir antes, posso me acomodar. Por isso, minha meta é o título. Claro que é bom para o centroavante fazer gols, mas penso mais nos troféus”, afirmou.

Mesmo sem anunciar um objetivo de bolas nas redes, o jogador admite que espera superar a marca do ano passado, quando marcou 32 vezes.

“Penso sempre em melhorar o ano anterior. Se 2009 foi bom, quero que este seja ótimo. É importante para o atacante ter melhora de gols e espero que isso aconteça”, afirmou.

Para elevar sua marca, o atacante admite até se arriscar a bater pênaltis. Atualmente, Ricardo Gomes deu a prioridade para Marcelinho Paraíba, que, por sua vez, não se sente o principal batedor, deixando a responsabilidade com Rogério Ceni. Com bom humor, o Washington se candidatou a bater.

“Estou na briga também e estão me esquecendo. Daqui a pouco, sobra uma brecha, eu pego a bola e bato”, riu o atacante, que falou sério em seguida. “O Ricardo está colocando o Rogério e o Marcelinho. Sempre bati em minha carreira e, se tiver oportunidade, vou cobrar também. Para centroavante, é bom”, completou o jogador, que participa dos treinos de cobranças no CT da Barra Funda.

fonte: http://espnbrasil.terra.com.br/saopaulo/noticia/99720_WASHINGTON+EVITA+PROMETER+GOLS+MAS+ESPERAR+SUPERAR+2009